Guest  

 
Search: 
Search By: SubjectAbstractAuthorTitleFull-Text

 

Showing 1 through 5 of 26 records.
Pages: Previous - 1 2 3 4 5 6  - Next
2019 - LASA Words: 119 words || 
Info
1. Brites, Jurema. "Afeto e desigualdade: gênero, geração e classe entre empregadas domésticas e seus empregadores" Paper presented at the annual meeting of the LASA, Boston Marriott Copley Place, Boston, MA, USA, <Not Available>. 2020-02-24 <http://citation.allacademic.com/meta/p1464356_index.html>
Publication Type: Session Paper
Abstract: Na realização das tarefas de cuidado e manutenção das famílias de camadas médias no Brasil - desempenhada, na esmagadora maioria das vezes, por mulheres pobres, fora da parentela dos empregadores - assim como nas formas de remuneração e de relacionamento que se desenvolvem entre patrões e empregadas domésticas, reproduz-se um sistema altamente estratificado de gênero, classe e cor. A manutenção desse sistema hierárquico que o serviço doméstico desvela tem sido reforçada, em particular, por uma ambigüidade afetiva entre os empregadores - sobretudo as mulheres e as crianças - e as trabalhadoras domésticas. Ao analisar exemplos tirados de uma pesquisa etnográfica em Vitória (Espírito Santo), comentaremos como essa ambigüidade se revela como instrumento fundamental de uma didática da distância social.

2017 - ASWAD 9th Annual Biennial Conference Words: 130 words || 
Info
2. Lima Santos, Maria. "Raça, Gênero e Lesbianidade: Corpos e Processos de Subjetivação de Lésbicas Negras em Contextos Diaspóricos Latino-Americanos" Paper presented at the annual meeting of the ASWAD 9th Annual Biennial Conference, Pablo de Olavide University, Seville, Spain, Nov 07, 2017 <Not Available>. 2020-02-24 <http://citation.allacademic.com/meta/p1279636_index.html>
Publication Type: Conference Paper/Unpublished Manuscript
Review Method: Peer Reviewed
Abstract: Tomando como ponto de partida as questões raciais e, principalmente, sua intersecção
com as categorias de gênero e sexualidade, articulando-as aos debates suscitados pelo
feminismo negro (hooks,1984; Hill Collins,2012; Lorde,1984; Clarke, 1988), pelas
reflexões de intelectuais ativistas latino-americanas e caribenhas (EspinosaMiñoso,2012;2014;
Curiel, 2014) como também as reflexões de intelectuais –ativistas
brasileiras ( Gonzalez,1984,1988, 2011; Carneiro, 2005,2011) este texto tem como
objetivo provocar uma reflexão crítica sobre os modos de vidas, vicissitudes, desafios e
enfrentamentos vivenciados por mulheres pretas e lésbicas em contextos diaspóricos
latino-americanos, caribenhos e brasileiros.
A escolha em focar as reflexões nos modos de vidas de mulheres pretas e lésbicas tem a
ver, antes de tudo, com a minha própria experiência enquanto mulher, preta e lésbica,
com as vivências que tenho experimentado no movimento feminista negro e com as
experiências no campo pedagógico, epistemológico e metodológico através de minha
prática docente.

2012 - Designing and Building Research Network Maps: Trends in International and Latin American Communication Research Pages: unavailable || Words: 5309 words || 
Info
3. Natansohn, Leonor. "GÊNERO E TIC: presenças e ausências" Paper presented at the annual meeting of the Designing and Building Research Network Maps: Trends in International and Latin American Communication Research, School of Communications of the Pontificia Universidad Universidad Católica de Chile, in the campus Casa Central, Alameda 340, Santiago, Chile, Oct 18, 2012 Online <PDF>. 2020-02-24 <http://citation.allacademic.com/meta/p584963_index.html>
Publication Type: Conference Paper/Unpublished Manuscript
Review Method: Peer Reviewed
Abstract: Mapeamos a situação das mulheres no âmbito das TIC, assinalando a escassez de mulheres nos setores de desenvolvimento, desenho, gerenciamento e criação. Realizamos uma revisão bibliográfica sobre a posição das mulheres neste âmbito e realizamos reflexões sobre as motivações e fatores que podem estar convergindo para a existência desta situação de exclusão, que denominamos de segunda brecha digital. Avaliamos como o feminismo tem analisado as questões de gênero e tecnologia digital, para entender processos que afastam mulheres e grupos subalternos da cultura digital, ainda quando as primeiras barreiras, as de acesso, sejam superadas. Analisamos criticamente a posição do movimento feminista perante as tecnologias da informação e comunicação e propomos algumas linhas de ação para compreender a e - exclusão das mulheres

2019 - LASA Words: 231 words || 
Info
4. Staudohar, Renata. "Violência de gênero e o Sistema Interamericano de Direitos Humanos: desafios e perspectivas" Paper presented at the annual meeting of the LASA, Boston Marriott Copley Place, Boston, MA, USA, May 24, 2019 <Not Available>. 2020-02-24 <http://citation.allacademic.com/meta/p1466927_index.html>
Publication Type: Session Paper
Review Method: Peer Reviewed
Abstract: Apesar da riqueza normativa nacional e internacional, tanto a prevenção quanto a punição dos crimes de violência de gênero permanecem dependentes de outros fatores, como por exemplo a formulação e implementação de políticas para que tais direitos sejam promovidos e protegidos. Nesse sentido, o acesso a uma instância internacional pode se mostrar como uma importante via alternativa em direção ao enfretamento da violência de gênero frente à inércia do Estado. Isso porque a litigância estratégica possui como objetivo, além da reparação à vítima, a responsabilização do Estado e a criação de precedentes. Com efeito, o presente trabalho pretende responder ao seguinte questionamento: em que medida a litigância estratégica perante o Sistema Interamericano de Direitos Humanos tem permitido avanços internos para a conceituação e desenvolvimento dos Direitos Humanos das Mulheres? A metodologia a ser utilizada para a investigação será qualitativa e engloba o estudo de casos. Para tanto, foram selecionadas e analisadas demandas do Sistema Interamericana de Direitos Humanos sobre violência de gênero por meio da pesquisa em seu próprio sítio. A hipótese aqui defendida é a de que o pronunciamento de instâncias internacionais, em especial o Sistema Interamericano de Direitos Humanos, vem assumindo papel relevante, ainda que tímido, na defesa contra a violência de gênero na agenda da região e no desenvolvimento dos direitos humanos das mulheres, em especial a partir da adoção de uma perspectiva de gênero em suas decisões.

2019 - 15th International Congress of Qualitative Inquiry Words: 149 words || 
Info
5. Silveira, Marília. and Velardi, Marília. "Prática corporal, gênero e feminismo: a dança do ventre como lócus de pensamento, ação e reflexão." Paper presented at the annual meeting of the 15th International Congress of Qualitative Inquiry, University of Illinois at Urbana-Champaign, Urbana, Illinois, May 15, 2019 <Not Available>. 2020-02-24 <http://citation.allacademic.com/meta/p1509909_index.html>
Publication Type: Conference Paper/Unpublished Manuscript
Review Method: Peer Reviewed
Abstract: Recai sobre a Dança do Ventre uma atmosfera sexualizada que não condiz com objetivos ritualísticos e sagrados. Talvez isso se dê por traduçóes ou uso descontextualizado dessa prática. Na tentativa de entender como os atravessamentos da cultura, da religião, de gênero e do pensamento capitalista foram transformando essa prática em um tipo de produto, foram entrevistadas quatro dançarinas profissionais de dança do ventre. O método, qualitativo por excelência, foi operacionalizado por uma entrevista e análise compreensivas. Das tessitura das falas das entrevistadas com as teorias nos campos dos estudos feministas e da dança do ventre, surgiram temáticas como: a conexão e competição entre mulheres, a objetificação do corpo, o show de dança do ventre e os rituais e celebrações. Como em outras manifestações de expressão do feminino, a desvalorização foi parte de um projeto maior de controle e organização da sociedade, resultando no controle do corpo e relações sociais.

Pages: Previous - 1 2 3 4 5 6  - Next

©2020 All Academic, Inc.   |   All Academic Privacy Policy